VINHOS ESPANHÓIS: Conheça as suas classificações.

Quando conheci o mundo do vinho espanhol, fiquei surpresa com tamanha seriedade na elaboração, não que os outros países não sejam sérios, longe disso, mas a Espanha é didática na sua classificação que qualquer desentendido sabe como comprar e classificar. Eles têm um estilo regrado e dinâmico que é muito fácil saber quais as características de cada vinho pela sua classificação.

Assim fui tomando muito respeito e credibilidade a esse país que não tem meio termo

Eles têm classificações que permitem muito facilmente identificar o que estás comprando, sem ter aquela sensação de: SERÁ?

Elas são:

  1. JOVENS
  2. CRIANZA
  3. RESERVA
  4. GRAN RESERVA

Vinhos Espanhóis Jovens:

VINHOS ESPANHÓIS: Conheça as suas classificações. 1
Vinhos Jovens

Os vinhos jovens que lá são chamados de “Vino Del Año”. Possuem pouco tempo de maturação e são produzidos e comercializados, no mesmo ano da colheita da safra.

Geralmente são vinhos frescos e frutados. O pouco tempo de armazenamento faz com que eles preservem as características como leveza e frescor de vinho “recém-saído da uva”.

Não envelhecem em barricas de carvalho. São vinhos mais populares pelo valor de mercado, e mais procurado pelos jovens que buscam menos complexidade. Recomendo muito para eventos com amigos e reuniões informais.

Vinhos Espanhóis Crianza:

VINHOS ESPANHÓIS: Conheça as suas classificações. 2

para que um vinho tinto seja classificado como crianza é necessário que ele passe por pelo menos dois anos de envelhecimento, sendo seis meses em barris de carvalho (com exceção da Rioja, que exige um ano), e o restante do tempo em garrafas.

Para os vinhos brancos e rosés, precisam de 6 meses de guarda em barril de carvalho e mais 12 meses na garrafa. A classificação Crianza chega ao mercado no terceiro ano após o início de sua elaboração. Eles têm sabor vibrante e são de fácil consumo. Lado a lado com os vinhos jovens, podemos dizer que o crianza tem maior complexidade. Como falei anteriormente (post sobre carvalho) a madeira entrega condições especiais e únicas a bebida. A Rioja e Ribera del Duero, exigem o mínimo de dois anos para o vinho crianza, nos quais um deles deverá ser em barril de carvalho. A Espanha difere bastante de região em região e algumas regras são diferentes falando em tempo de guarda.

Vinhos Espanhóis Reserva:

Quando encontramos um ‘Reserva” sabemos que ele precisou envelhecer por, no mínimo, três anos, e o primeiro deles na madeira e o restante em garrafas. Os brancos precisam passar por um período de guarda de um ano e meio, sendo seis meses em barris de carvalho.

Também estes são elaborados com safras de qualidade excepcional e, por isso, têm as melhores uvas na sua composição.  O valor de mercado é superior ao dos vinhos crianza e jovem, devido à complexidade na produção desse vinho e da matéria-prima superior.

Eles podem ser macios e intensos pela influência de terroir.

São muito reconhecidos pelos críticos e exigem um nível de paladar e conhecimento maior em vitivinicultura.

Atençaõ: Você vai ver muitos “Reserva” nos diferentes países, porém nestas regras são somente a Espanha e Portugal que seguem estes critérios. E por favor, não confunda Reserva com Reservado! Os Reservas Espanhóis são os meus preferidos para comemorações especiais.

Vinhos Espanhóis Gran Reserva:

VINHOS ESPANHÓIS: Conheça as suas classificações. 3

Para ser considerado “Gran Reserva” – a classificação mais rígida de todas -, a sua elaboração precisa ter somente safras de excepcional qualidade, ou seja, aquelas que deixam as uvas com melhor qualidade e selecionadas para produzir os vinhos.

Eles passam por um envelhecimento de cinco anos, sendo 18 meses em barris de carvalho e o restante na própria garrafa que será comercializada.

No caso dos vinhos brancos, o tempo de maturação é de quatro anos, sendo seis meses em carvalho.

COMPARTILHAR ESSA POSTAGEM

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email
Fechar Menu
Solicite aqui cupom de frete grátis para as regiões de Porto Alegre, SC e Interior do RS
×
×

Carrinho