Custo – Benefício

Custo - Benefício 1

Usava muito estas palavras até pouco tempo atrás. Fiz uma parada estratégica por achar que os demais produtos ficavam de fora, muitas vezes injustamente, por não se encaixarem em grandes promoções ou preços de seus concorrentes, mas, na verdade a gente não lia a fundo o porquê de tantas diferenças. Sem generalizar é claro!
Custo-benefício está enraizado na nossa crença como comprar alguma coisa boa ou relativamente interessante por um valor abaixo de mercado. Mas isto é um pouco confuso nos dias de hoje, até porque o que é bom já tem uma valor estabelecido a não ser que o fabricante ou produtor esteja passando por alguma dificuldade e decida “torrar” estoques. Sim, isso acontece com frequência, porém nós consumidores não temos sempre esta avaliação.
Tenho visto redes de supermercados praticando preços abaixo do custo normal nas gôndolas, como, por exemplo, um Chablis por R$ 50,00. E isso, acreditem, não é um bom sinal. Não me convence que um produto desses possa ter esse valor ao consumidor final. Será que o produtor francês teve um surto e quis popularizar o produto por aqui? É possível que sim, mas muito pouco provável. A não ser que esteja à venda em outros pontos com o mesmo valor, essa teoria não é crível.
Até porque já vi estoques com mais de 3 anos em depósitos com altas temperaturas resguardando vinhos e depois de um tempo, com o passar de algumas gestões de compradores, pular para a torra de estoques. Quem perde? É claro que é o consumidor. Pensando que fez uma excelente compra quando, na verdade, não terá nem de perto um produto relacionado ao seu rótulo.
Mas como podemos saber quando e o que comprar com bom custo-benefício?
Existem outras opções mais apropriadas para procurar o produto certo, ao invés de que o produto nos procure. Elas são produtos sazonais e carros-chefe. Vou explicar. Falando em vinhos, mas estenda ao produto que desejar, porém estas dicas de agora são para os winelovers.

Penso que entre os mais de 6 milhões de possibilidades temos os mais convenientes, sim, como, por exemplo, os que se destacam pela maior produção. Se soubermos quais as uvas mais abundantes de cada País e com maior competitividade dentro e fora de seu mercado, certamente acharemos boas opções.
Vou citar aqui alguns exemplos de vinhos que adoro e que são, na maioria das vezes, adquiridos com excelentes preços e qualidade altamente satisfatória.

Vinhos Portugueses – Vinho Verde é uma região demarcada, na qual os vinhos não são verdes e podem ser brancos, tintos , roses e até espumantes. Gosto muito do Alvarinho de Monção. Portugal é um dos países onde podemos encontrar mais variedades. As uvas mais importantes da terrinha são a Touriga Nacional, Baga, Castelão, Touriga Franca e Trincadeira.

Vinhos Espanhóis das uvas Tempranillo. A diferença está em sua reserva, lembre que já falamos sobre isso, está em post no meu feed: jovem, crianza, reserva e gran reserva.
Vinhos Argentinos – Para os tintos Malbec, da região de Mendoza, e, para brancos, a região de Salta, onde o Torrontes é um néctar branco. Simplesmente no meu ponto de vista ali é o templo dessa variedade.

Vinhos Brasileiros – Falando variedades do Vale dos Vinhedos na Serra Gaúcha: tintas como Merlot e Cabernet Sauvignon são as campeãs de elaboração, tendo em vista que foram as que mais se adaptaram ao terroir brasileiro, mas também existem muitas outras, porém nestas duas castas temos muito boas opções. Para os brancos, a uva Chardonnay é muito utilizada nos espumantes, que, aliás, os brasileiros são referentes mundiais na atualidade. E, na região da Campanha, tem a uva Alvarinho que, vou falar, está sensacional: Quinta do Seival da Miolo. Degustem e depois me falem o que acharam!

Vinhos Uruguaios: o Tannat que é reconhecido mundo afora e ganhador de inúmeros prêmios, mas direi que as Cabernet Franc e Petit Verdot do solo celeste também são um espetáculo! Das brancas, Chardonnay e Sauvignon Blanc são as que mais me agradam. Vocês conhecem a uva Petit Manseng? A primeira vez que degustei essa casta foi na Bodegas Carrau, em Montevidéu, e fiquei encantada! Recomendo muito esse vinho.

https://amovinho.com/produto/alvarinho-quinta-do-seival-2017-750ml/


Caso quiser mais informações, peça no e-mail contato@amovinho.com

COMPARTILHAR ESSA POSTAGEM

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email
Fechar Menu
Solicite aqui cupom de frete grátis para as regiões de Porto Alegre, SC e Interior do RS
×
×

Carrinho